Depoimento de Roberto Louback


O PEP-Rohm foi um presente na minha vida. Em 2006 tive o prazer de conhecer o mestre na disciplina de psicologia na UFRJ e depois integrei o PEP focando em governança corporativa e diversidade. Pela primeira vez ouvi as ideias de uma pessoa que, no meio corporativo, estava mais preocupada em cuidar das pessoas do que em só ganhar dinheiro. O mestre é ambicioso mas o cuidado e respeito vem primeiro.
Aprendi com o mestre que gestores cuidam de pessoas e pra exercer esse papel é importante aprender sobre os vieses do nosso julgamento e ter consciência da posição que se ocupa em diferentes níveis.
Tive lições importantes sobre racismo, sexismo, xenofobia, homofobia, transfobia… numa época em que isso era pouco discutido. Também tive lições sobre amor, afeto, amizade e respeito.
Carrego as palavras do mestre há 13 anos com muito carinho. Seus ensinamentos ainda ecoam dentro de mim em diferentes níveis. A compreensão é sempre viva, porque cresce e se aprofunda.
Lembro do mestre me orientando a ter propósito, a lutar pelos oprimidos, a dar voz a quem não pode sequer se expressar. Reconhecer meus privilégios, criar um legado.. me dedicar aos estudos, ao aprimoramento… com generosidade, otimismo e fé.
Tenho a felicidade de cultivar uma amizade com o mestre que segue, a distância, ao longo de todos esses anos. Um acompanhando o outro e sempre torcendo pelo sucesso.
Naquela época, aos 18 anos, eu era bastante alienado, desconfortável com a minha sexualidade, cheio de preconceitos e medos. Agora, aos 31, vejo que ele foi a primeira pessoa que me falou sobre sexualidade com respeito e profundidade e foi fundamental no meu processo de ressignificação do que era ser gay, de quem eu sou e o que isso significa em diversos níveis.
O mestre, além de tudo isso, continua me inspirando, porque mesmo com o passar dos anos tem consistência no que faz, é um ser humano extremamente culto, gentil, engajado… Eu poderia elogiar ele por horas e seria pouco. Eu admiro o mestre como poucas pessoas. A experiência com ele foi inesquecível, marcante e profunda. Só tenho a agradecer por termos nos cruzado e por toda sua generosidade em compartilhar sua mente brilhante.

Compartilhar


Postado por


Inspirações para o comentário:
abate, alegria, amuo
ânimo, ardor, arte
susto, avidez, bobeira
calma, cansaço, carranca
coleção, confusão, contemplação
criação, curiosidade, depressão
descontente, deslumbre, despertez
determinação, diversão, doente
empolgação, encanto, energia
esperança, espirituosa/o, estranheza
estresse, feliz, gelo
ímpeto, irritação, melancolia
nerd, ocupação, peculiar
pensamento, realização, riso
saltitante, satisfação, sombra
surpresa, trabalhando, travessa/o
triste, zanga
Lembre-se de que você veio aqui, porque compreendeu a necessidade de lutar contra si mesmo. Agradeça, portanto, a quem lhe proporcione a ocasião para isso.
Gurdjieff
Você pode alterar sua foto de perfil no Gravatar ou fazer login.