Indicadores de lideranças em potencial: um estudo sobre as características dos possíveis líderes no cenário universitário


Ricardo Rohm, André Cabral e William Ribeiro em UFRJ

📅 JICTAC 2012

Resumo:

Atualmente o mundo passa pelo que alguns autores denominariam de uma crise de liderança. Autores como Barret (2000) afirmam que está seria uma crise de consciência, de valores, referindo-se aos valores mais elevados da consciência. A valorização do pensamento imediatista em prol do em longo prazo, a falta de uma visão mais holísticas, a forma mecanicista e mercadológica de se tratar a pessoa humana são todos indicadores de tal crise. Percebe-se que os estudos da liderança costumam terem foco principal no mercado de trabalho e/ou no ambiente das organizações. Na sociedade moderna não é raro encontrar cursos de liderança que prometem elevar o potencial de executivos nas empresas, mas pouco se ouve sobre os outros diversos ambientes, tais como a academia, a família, as comunidades, onde a liderança surge e é fomentada. A Academia, no que tange a formação da liderança, aparece em segundo plano, minimizada quando em comparação as organizações de mercado. Apesar disso, autores como Gardner (1990) afirmam que o ambiente universitário é terreno fértil para a formação de líderes em potencial. Tendo em vista esta preocupação, este estudo planeja mapear as características dos líderes potencias que podem ser encontradas nos cursos superiores oferecidos pela Academia, em geral, abordando estilos de liderança Transformacional e Servidor que visam o bem comum e a transformação social para além de uma prioridade apenas circunstante ao lucro de organizações produtivas privadas. Para isso, utilizar-se-á da revisão bibliográfica, a fim de levantar diversas características de líderes em potencial. Em seguida, com auxílio de uma banca de três doutores com enfoque nas ciências da administração e do comportamento humano, planeja-se selecionar as principais características de liderança a fim de alcançar um mapa especifico dos Princípios de Lideranças em Potencial na Academia. Este estudo é relevante, pois, além de estudar a formação de lideranças dentro da Academia, o que condiz com a missão quase esquecida de extensão da universidade (MENEZES, 2005), permite a criação, no futuro, de um questionário baseado nestes princípios para estudar o surgimento de lideranças dentro da universidade e os efeitos que os diversos cursos da universidade exercem sobre o estes líderes em potencial.

Compartilhar


Postado por


Inspirações para o comentário:
abate, alegria, amuo
ânimo, ardor, arte
susto, avidez, bobeira
calma, cansaço, carranca
coleção, confusão, contemplação
criação, curiosidade, depressão
descontente, deslumbre, despertez
determinação, diversão, doente
empolgação, encanto, energia
esperança, espirituosa/o, estranheza
estresse, feliz, gelo
ímpeto, irritação, melancolia
nerd, ocupação, peculiar
pensamento, realização, riso
saltitante, satisfação, sombra
surpresa, trabalhando, travessa/o
triste, zanga
Lembre-se de que você veio aqui, porque compreendeu a necessidade de lutar contra si mesmo. Agradeça, portanto, a quem lhe proporcione a ocasião para isso.
Gurdjieff
Você pode alterar sua foto de perfil no Gravatar ou fazer login.

Deixe um comentário