PROGRAMA DE ESTUDOS E PESQUISAS EM
DESENVOLVIMENTO HUMANO, FORMAÇÃO DE LIDERANÇAS TRANSFORMADORAS E GOVERNANÇA SOCIAL
Eponina, Ernesto Nazareth
·
Chevron esquerda

Publicação da pesquisa: Compromisso com a diversidade ou gestão da imagem? Uma análise das empresas filiadas ao fórum de empresas e direitos LGBTI+

Publicação da pesquisa: Compromisso com a diversidade ou gestão da imagem? Uma análise das empresas filiadas ao fórum de empresas e direitos LGBTI+
RBEO

Comunico que a pesquisa desenvolvida pelo Prof. Dr. Ricardo Henry Dias Rohm e pelos orientandos Gabriel de Souza Valuano, José Otávio Alcantara Lucas Martins intitulada COMPROMISSO COM A DIVERSIDADE OU GESTÃO DA IMAGEM? UMA ANÁLISE DAS EMPRESAS FILIADAS AO FÓRUM DE EMPRESAS E DIREITOS LGBTI+ foi publicada na Revista Brasileira de Estudos Organizacionais no  v. 8, n. 2, p. 339- 382, Maio – Agosto 2021.   https://rbeo.emnuvens.com.br/rbeo/issue/view/23/showToc   

Acreditamos que a pesquisa publicada será importante referência para muitos estudos futuros.

Parabéns aos nossos pesquisadores!

🗺️ Cidade



🔖 Palavras-chave



Escrito por

Avatar de Claudia Gonçalves


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  1. <strong>Negrito</strong>
  2. <em>Itálico</em>
  3. <blockquote>Citação</blockquote>
  4. 🙏
  5. 👏
  6. 🤩
  7. 😍
  8. 😘
  9. ❤️
  10. 😉
  11. 😊
  12. 😁
  13. 👍
  14. 🤔
  15. 😄
  16. 😎
  17. 🐘

 

Alterar sua foto de perfil
Inspiração:
Gurdjieff
Lembre-se de que você veio aqui, porque compreendeu a necessidade de lutar contra si mesmo. Agradeça, portanto, a quem lhe proporcione a ocasião para isso.

2 respostas

  1. Avatar de Moisés Guimarães

    Excelente trabalho imersivo dos orientandos do mestre Ricardo Rohm acerca do importante tema. Ao ler o artigo, pude perceber o quanto o Brasil ainda precisa avançar no que tange a inclusão de pessoas LGBTIA+ no mercado de trabalho e quanto de estigmas ainda sofrem esse público. Para mim, uma pesquisa dessas revela o quanto de compromisso que a universidade precisa ter com o público externo, e o mestre Rohm soube como ninguém dar vazão a esse grito abafado que ainda querem manter empresas que não têm compromisso e respeito à Diversidade Sexual no ambiente de trabalho. Parabéns pela pesquisa, Valuano e Martins e todos que colaboraram para esse feito. Sem dúvidas, o Fórum de Empresas e Direitos LGBTIA+ procura promover os compromissos das empresas com a sociedade, mas não podemos deixar de ser críticos em relação a esse selo, uma vez que – como bem dito no artigo – há muita precariedade na divulgação dessas ações pró-diversidade. Que possamos continuar contribuindo para uma melhor disseminação do conhecimento acerca desse importante debate. Meu aplauso, sempre de pé. É inegável a contribuição pública de uma educação do ensino federal. 👏👏👏

  2. Avatar de Marcelo Canesin

    Parabens adoráveis, mais uma vez Mestre publica um artigo científico voltado a temática da diversidade e, dessa vez, com o apoio de José e Gabriel, abrido as portas para vocês a esse mundo da ciência e do tema tão importante da devida promoção e divulgação das políticas LGBTQIA+ nas organizações, que tanto falta no Brasil. Espero que essas sementes plantadas por Mestre floresçam e gerem muitos outros frutos por meio de vocês. Espero, também, que o artigo sirva para as empresas usarem, e, de fato, tomarem as atitudes devidas, tão bem explicitadas por vocês, com aspectos a serem melhorados em todas as categorias por todas as empresas. Isso é mais um sinal de como temos muito a avançar. Se essas são as empresas compromissadas e se nem essas empresas conseguem realmente agir como se espera, muitas atitudes ainda estão por vir se pretendemos construir um mundo mais inclusivo, humano e diverso. Vocês fizeram um tabalho excepcional ao se proporem desvendar por todos os meios as maneiras pelas quais as empresas divulgam suas ações. Com isso puderam apontar as controvérsias inaceitáveis: existem empresas que investem dinheiro no Fórum, mas não na própria divulgação e promoção de políticas na própria empresa, se aproveitando do tal selo sem fazer a lição de casa. É muito triste e revoltante acompanhar os relatos das pessoas, ver que existem casos nos quais são tiradas de suas posições sem justificativa, e, ao mesmo tempo, observar as análises de discurso que identificam a homofobia interiorizada em algumas das subjetividades, bem como o jogo que há na desterritorialização e reterritorialização subjetiva que ocorrem no ambiente de trabalho e as consequências disso na vida dos trabalhadores e no próprio sucesso das organizações. Ficou tudo muito claro. Esse é um exemplo de trabalho que explicita o quão sem sentido é esse mundo em que vivemos… as pessoas seguem sendo perseguidas simplesmente por serem diferentes, e essas mesmas pessoas tem o preconceito que prejudica elas mesmas interiorizado. Ao menos agora podemos dizer que pesquisa para apontar as atitudes esperadas das empresas do Fórum não faltam. Falta elas agirem de acordo com o compromisso declarado por elas mesmas. Tenho certeza que este trabalho vai ajudar muito… vamos lutar para que essas e muitas outras empresas adiram! 🐘

Notícias recentes

Ver todas as notícias

Comentários recentes

  1. Marcelo Canesin
Ver todos os comentários

Receba notícias